Patrimônio Cultural Gastronômico:

Inventário dos saberes e fazeres dos doces tradicionais de São José, Santa Catarina

  • Leticia de Souza Sant'Ana Instituto Federal de Santa Catarina
  • Silvana Graudenz Müller Instituto Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Patrimônio Cultural Gastronômico, Gastronomia Tradicional, Saberes e Fazeres dos Doces Tradicionais

Resumo

A produção de inventários gastronômicos é importante para registrar os saberes e fazeres tradicionais de uma determinada região e, dessa forma, preservar o patrimônio cultural gastronômico da mesma. Este estudo tem o objetivo de identificar e realizar um registro acadêmico a partir de inventários das produções doces gastronômicas e históricas da cidade de São José no período do início do século XX à meados do mesmo século. Para alcançar o objetivo, foi utilizada a metodologia desenvolvida por Müller (2012), chamada de Inventário de Referência Gastronômica Cultural, composto por levantamento bibliográfico e documental preliminar, pesquisa de campo, oficinas práticas, entrevistas coletivas e individualizadas. Dessa forma foi possível identificar as produções de doces tradicionais, compreender e sistematizar as técnicas tradicionais utilizadas pelos antepassados, bem como verificar transformações que estão ocorrendo durante o processo produtivo, fruto da urbanização e presença forte da industrialização, descaracterizando muitas vezes a produção original.

Referências

CAMPOS, Nazareno José de. Açorianos do litoral catarinense: da invisibilidade à mercantilização da cultura. Revista Arquipélago. Açores, 2ª série, XIII, 2009. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2017.

França, F. et. al. Mudanças dos hábitos alimentares provocados pela industrialização e o impacto, I Seminário Alimentação e Cultura na Bahia, Centro de Estudos do Recôncavo – UEFS, 2012. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2017.

GERLACH, G.; MACHADO, O. São José da terra firme. São José: Floriprint Indústria Gráfica, 2007. 331 p.

Hall, M. & Mitchell, R. Tourism as a force for gastronomic globalization and localization. In: Hjalager, A. M. & Richards, G. (eds.). Tourism and Gastronomy. London: Routledge, 2002, pp. 71- 90.

HERNANDEZ, J. C. Patrimônio e Globalização: o caso das culturas alimentares. In: CANESQUI, A.M.; GARCIA, R.W.D. Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. 1.ed. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

SANTANA, Thalita Kalix Garcia. Os inventários do patrimônio alimentar brasileiro: possibilidades para o incremento do turismo gastronômico? / Dissertação (Mestrado - Mestrado Profissional em Turismo) -- Universidade de Brasília, 2016. Disponível em: . Acesso em: 06 jul. 2017.

MAGALHÃES, Leandro Henrique; MARETTI, Mirian Cristina. Patrimônio Cultural Londrinense e a Contribuição Italiana através da Gastronomia. Revista Tempo Espaço Linguagem, Universidade de caxias do sul, v. 04, n. 01, p. 11-22, jan./abr. 2013.

MENDES, Marina De Carvalho; PIRES, Paulo Dos Santos; KRAUSE, Rodolfo Whendhausen. Relevância da gastronomia em restaurantes temáticos: um estudo de caso em balneário camboriú, sc. Revista rosa dos ventos, Universidade de Caxias do Sul, RS, Brasil, v. 6, p. 66-75, jan./mar. 2014.

Moratoya EE, Carvalhaes GC, Wander AE, Almeida LMMC. Mudanças no padrão de consumo alimentar no Brasil e no mundo. Rev. Política Agrícola 2013; 22(1):72-84.

MÜLLER, Silvana Graudenz. PATRIMÔNIO CULTURAL GASTRONÔMICO: Identificação, Sistematização e Disseminação dos Saberes e Fazeres Tradicionais. 2012. 288 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2017.

MÜLLER, Silvana Graudenz; AMARAL, Fabiana Mortimer; REMOR, Carlos Augusto. Alimentação e cultura: preservação da gastronomia tradicional. Saberes e fazeres do turismo: Interfaces, Universidade de Caxias do Sul, RS, Brasil, v. 6º Semintur, jul. 2010. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2017.

MÜLLER, Silvana Graudenz; AMARAL, Fabiana Mortimer. A preservação dos saberes e fazeres gastronômicos por meio da articulação entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina e espaços culturais. Revista Thema, [S.l.], v. 9, n. 1, set. 2012. ISSN 2177-2894. Disponível em: . Acesso em: 14 nov. 2017.

SERPA, Ivan Carlos. Os engenhos de Limeira: história e memória da imigração italiana no Vale do Itajaí-Mirim. Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Florianópolis, 1998.
Publicado
2020-02-10